A Origem do Tereré

Imagem
Diz a lenda que durante a Guerra do Paraguai, os soldados de ambos os lados (Brasil e Paraguai), durante os tempos de folga entre um combate e outro, ou às vezes até mesmo em pleno combate, gostavam de tomar um chimarrão para repor os ânimos. Como o intervalo entre esses combates era muito curto, não havia tempo para esquentar a água, assim eles começaram a tomar frio e gostaram do sabor. Já uma história mais verídica diz que o tereré (também pode-se pronunciar tererê) teria surgido na Guerra do Chaco (entre Paraguai e Bolívia, 1932-1935) quando as tropas começaram a beber mate frio para não acender fogos que denunciariam sua posição. O tereré se tornaria uma bebida popular no Paraguai mais recentemente, introduzida pelos soldados no quotidiano do país através da região do Chaco.Outra versão da origem do tereré, diz respeito aos mensú (escravos ervateiros do nordeste do Paraguai e da Argentina, até meados do século XX), se eles fossem surpreendidos pelos capangas fazendo fogo para tomar…

Diferença Tereré x Chimarrão x Mate


Sabem aquelas discussões clássicas, que dividem opiniões por todos os lados do mundo? Aquelas tipo PeléXMaradona, pretoXbranco, doceXsalgado? Então… Entre elas estão, também, o Tereré e o Chimarrão. Quer saber um pouco mais sobre as duas bebidas, suas diferenças e semelhanças?
É muito comum ver uma roda de pessoas compartilhando Tereré ou Chimarrão. E apesar das duas bebidas serem preparadas com erva-mate, elas são consumidas de maneira distinta. A temperatura é uma das primeiras diferenças: o Tereré é uma fusão de erva-mate com água fria. Já o Chimarrão é uma infusão da erva com água quente. Quanto ao preparo, é possível adicionar algumas combinações complementares ao Tereré, como limão, hortelã (para dar mais refrescância) ou capim-limão. Existem pessoas que preferem tomá-lo com suco, para suavizar o gosto amargo da erva. Para o Chimarrão, tem quem goste de misturar a erva-mate com outras ervas, como boldo, camomila, capim-limão, hortelã, funcho, guaco etc.
As duas bebidas podem ser servidas na cuia, porém o Tereré pode ser preparado em um copo comum ou na guampa – um recipiente feito com chifre de boi, que possui um formato curvado especial para a bebida. Ambas precisam da bomba (utensílio essencial e indispensável). As bombas podem ser feitas com diversos materiais (inclusive bambu). As mais indicadas são as de alumínio, seja por sua durabilidade ou qualidade. Apesar das duas bebidas utilizarem a erva-mate, a do Tereré é mais grossa, pois a erva é triturada. Já a erva para Chimarrão é mais fina, pois é moída.
Quer saber mais? Pois a “estrela” das duas bebidas, a erva-mate, ainda possui muitas vitaminas, como as do complexo B, a vitamina C e a vitamina D, e sais minerais, como cálcio, manganês e potássio. Além disso, combate os radicais livres, auxilia na digestão e produz efeitos anti-reumático, diurético, estimulante e laxante. A contraindicação é para pessoas que sofrem de insônia, pois é um estimulante natural.
Tá, e o Mate????
Mate é exatamente os 2!!!! então, se você gosta de Tereré ou prefere o Chimarrão.... Pegue sua bebida e... Bora Matear!!!!!

Fonte:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Benefícios da Erva-Mate

Erva-Mate faz bem ao Coração

A História da Erva-Mate